| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

FACES DAS ARTES
Desde: 13/08/2004      Publicadas: 38      Atualização: 29/04/2005

Capa |  Acontece  |  Arte de ver  |  Cena Aracatiense  |  O som dos ventos  |  Palavra  |  Quem  |  Um conto Aracati


 Palavra

  15/09/2004
  0 comentário(s)


Poesia Aracatiense

Associação Artístico Cultural Lua Cheia lança a XIV edição do informativo Poetossíntese.

Poesia AracatienseDurante a segunda edição do Faces das Artes ocorrida de 21 a 25 de agosto de 2004, circulou a XIV edição do informativo literário Poetossíntese. A matéria de capa “O Legado de Um Povo”, sobre a restauração do casarão sede do Instituto do Museu Jaguaribano, perfaz o perfil de atuação deste importante instrumento cultural. Em sua mais nova edição com tiragem de mil exemplares figuram os poetas Raimundo Leontino, Manuel Lima, Marly Correia, Marciano Ponciano, Ocivan Carnaúba, Mirella Costa e Raimundo Herculano de Moura. O Poetossíntese constitui um meio alternativo para a divulgação da poesia local.
Há dois anos sem publicação alguma, última publicação foi em setembro de 2002, o fato constitui elemento para reflexão de quão é difícil o labor de divulgar poesia em nosso país.
O Faces das Artes, promovido pela Associação Artístico Cultural Lua Cheia, proporcionou o reencontro destes poetas e fez nascer um movimento pró-manutenção do jornal. Os mesmos avaliam a possibilidade de sustentabilidade do informativo através de assinaturas e apoios de órgãos públicos e privados. O grupo estará compondo em breve um conselho editorial. Esta ação coletiva visa também a capacitação dos artistas através de oficinas, cursos e palestras. O movimento está aberto para adesão de poetas e simpatizantes da poesia.

Poetossíntese n° XIV
Onde comprar?
Sede do Lua Cheia
Rua Santos Dumont, 588-B. Centro.
R$ 0,10.

Assinaturas
Tel: (88)421-3055




  Mais notícias da seção O Tempo no caderno Palavra
29/04/2005 - O Tempo - Veja o regulamento do Concurso Literário Raimundo Herculano de Moura.
O regulamento do Concurso Literário Raimundo Herculano de Moura já encontra-se disponível para poetas, escritores e amantes das letras. ...
23/09/2004 - O Tempo - O poeta e seu tempo
"Coisas Velhas Saídas da Beira do Túmulo abrande mais de 60 anos de uma rica e devotada cumplicidade com os mais humanos sentimentos. Numa clara demonstração de que o homem é uma espécie de arco-íris de emoções quando atravessa o campo em flor das dores e das alegrias que o mundo oferece..." R. Leontino Filho...



Capa |  Acontece  |  Arte de ver  |  Cena Aracatiense  |  O som dos ventos  |  Palavra  |  Quem  |  Um conto Aracati